Dia do Pai no Centro Infantil

Dia do Pai no Centro Infantil

Apesar de o Dia do Pai ser assinalado a 19 Março, os pais dos meninos do Centro Infantil tiveram oportunidade de participar em diversas atividades em conjunto com os seus filhotes, para assinalar este dia. Esta grande festa aconteceu no passado dia 17 Março. Os meninos do CATL convidaram os Pais a participar numa divertida gincana de jogos desportivos, enquanto que os meninos do Pré-Escolar aproveitaram a oportunidade de levar os pais a uma animada aula de música. Os meninos da Creche tiverem um tempo de qualidade a jogar alguns jogos com os seus papás, enquanto que os meninos da Creche Familiar fizeram um lanche/convívio em família!

“Dê um pouco a quem mais precisa”

“Dê um pouco a quem mais precisa”

O Centro Comunitário colaborou na campanha “Dê um pouco a quem mais precisa”, que decorreu entre 1 e 11 de Dezembro. O CCQC agradece a todos os que, voluntariamente, participaram e ajudaram através da doação de produtos de higiene pessoal e de limpeza doméstica.

Marcha CCQC 2017!

Marcha CCQC 2017!

Já estão abertas as inscrições para a Marcha CCQC 2017! Se gosta de conviver, rir, dançar e de muita animação porque espera? Venha marchar connosco!

A Mostra de Sopas vem aí!

A Mostra de Sopas vem aí!

É já no dia 25 de Março que se vai realizar a 3ª edição da Mostra de Sopas CCQC! Se quiser participar com uma sopa só tem que se inscrever na Secretaria do CCQC até dia 23 de Março. Se quiser vir apenas conviver e provar as sopas deliciosas que vamos ter, basta apenas aparecer! O baile com Luís Rouxinol terá início pelas 15h30, sendo seguido da Mostra de Sopas. O valor de entrada inclui o baile, a prova de todas as sopas, uma bebida e uma fatia de pão, também haverá mais petiscos! Contamos com a sua presença! Apareça!

Ajude-nos com 0,5% do seu IRS!

Ajude-nos com 0,5% do seu IRS!

Com o início do prazo para entrega das declarações do IRS, a 1 de Abril, recordamos que os contribuintes podem doar 0,5% da sua coleta do imposto a uma IPSS ou a um organismo religioso. Esta possibilidade, consignada na Lei 16/2001 de 22 de junho, não implica qualquer pagamento adicional, dado que a redistribuição é feita pelo Estado, a pessoa apenas tem que indicar a entidade que beneficia do donativo. Assim, agradecemos a vossa colaboração em indicar o Centro Comunitário da Quinta do Conde como Instituição beneficiária! Não sai do bolso e Ajuda-nos a Ajudar!  

O Dia da Mulher foi assim…

O Dia da Mulher foi assim…

Distribuíram-se flores e palavras inspiradoras, houve convívio, boa disposição e muita animação! A manhã começou com uma caminhada até ao Parque da Vila, com a colaboração da Câmara Municipal de Sesimbra e do “Sempre a Mexer para Não Envelhecer”. Foram aproximadamente 45 pessoas que participaram na caminhada e na aula de ginástica dinamizada pelo Prof. Sérgio. A equipa e os utentes de Centro de Dia também se juntaram ao convívio no Parque da Vila! Durante a tarde, os Grupos Arco Íris e o Renascer animaram os nossos sócios e utentes. A Rádio Quinta do Conde também esteve presente, tendo entrevistado algumas das pessoas presentes.

“a realidade social”

“a realidade social”

O Presidente da República recebeu no último dia 3, sexta-feira, os responsáveis pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social, no Antigo Museu Nacional dos Coches. O Centro Comunitário marcou presença através do seu presidente, que em simultâneo enquanto vogal representou a UDIPSS de Setúbal.  Marcelo Rebelo de Sousa disse que a rede das instituições que integram a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) “é essencial para o país, não pode ser bloqueada ou esvaziada ou minimizada”, não tanto “por razões ideológicas”, mas “por contingências financeiras”. Após a discurso do presidente da CNIS, padre Lino Maia, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que as IPSS têm “o papel mais importante no sistema nacional de solidariedade social”. O presidente da República sublinhou o “papel histórico” das IPSS, “enraizado nas populações”, que se foram conseguindo “reajustar e adaptar aos desafios dos sucessivos tempos” e que são “mais importantes que o Estado, as Regiões Autónomas, as autarquias locais” nos sistemas de protecção social. O presidente da República sublinhou que as IPSS são “imprescindíveis e insubstituíveis” e disse que o “debate doutrinário” “não merece preocupação” porque, no confronto com a realidade, “se sobra no primeiro minuto da sua formulação”. Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que as IPSS não enfrentam o desafio da “credibilidade em termos pessoais e comunitários”, mas o da “sustentabilidade”. “O problema não reside no vosso enraizamento, na vossa legitimação comunitária, mas na disponibilidade de meios para o cumprimento das missões”, acrescentou o presidente da República, referindo que o Estado Social constrói-se todos os dias e “exige um esforço conjunto” entre as IPSS e a intervenção das entidades públicas. “Acompanho com atenção – e devo dizer com esperança – a convergência que tem existido, nomeadamente nos últimos tempos, com o Governo em matéria de solidariedade social, porque é uma convergência que tem de ser […]